Portugais - relatos eroticos| English - erotic stories| Deutsch - erotik geschichten| Français - histoire de sexe| Arabic - قصص الجنس|
  1. Ritual de acasalamento Prólogo
  2. Ritual de acasalamento Parte 2

Página: 1 de 2

O sentimento da propulsão continuou por um curto período, mas, batendo contra a água, isto é, não menos, saiu miserável. Tudo aconteceu tão inesperadamente que Max não teve tempo de prender a respiração, a água jorrou em seus pulmões. Um segundo dos homens e dos homens colocou o ar ao lado do mundo, na superfície, queimando levemente e persistentemente descendo o ar.

A profundidade foi espalhada pelo pequeno, só os homens alcançaram o peito. Mas é possível entender isso apenas da mesma forma que no interior e com um grande volume, que é facilmente solto. Era hora de dar uma olhada. Torcendo a cabeça, Max water e Kamyshi, Kamyshi e mais água. Pelo contrário, ele caiu em uma lagoa, mais de uma dúzia de

- ANDREA !! E ... - o choro veio através de uma tosse - Andrea, onde você está?

A distância para ir, ele não sabia, ele foi para o aberto, não para os de fora, gritando seu nome, já está quente, agora sua esposa. Não respondeu e a própria mente veio à mente o alerta. De repente, ela bateu com uma voz quando passou e perdeu a consciência. Então ela não seria capaz de nadar até o topo. Ou caiu na terra, o quanto foi doado, ou se o corpo das mulheres precisava. Pode ser ... Pode ser um aqui? Ajudando a cabeça, desencorajando pensamentos sombrios, Max seguiu em frente.

Andrea! Mulher, saia, - O homem empurrou o próximo arbusto e a mão no circuito.

Em pequenos quadrados, de volta para o homem de pé. A pessoa que ele não viu, mas ele também não precisava disso. A água escondia seus pés, mas sua figura exata, essas linhas suaves de calças, a mesma talia, sua pele corporal e cabelos compridos. Tudo bem demais para confundir. Ela kaku ponyala que por seu relógio e começa a virar. Mesmo um pouquinho e ele vai ver o rosto dela, finalmente ter certeza de quem está na frente dele. Outro par de instant.

Mas de volta ouviu outro barulho.

- Eu estou aqui - Andrew mostrou por causa das proteções.

O máximo se espalhou para o lugar anterior, mas as figuras já estavam lá, apenas a água e os círculos raros explodiam do lugar onde ele havia visto. Zadarzhav olhar neznadolggo, se alguém estivesse esperando algo que algo proizodet, ele abriu e foi para a menina.

Assim que a distância de Andrew era evidentemente menor, dificilmente era coberta pela água, e em alguns lugares era necessário nadar, até o dia em que não era marinheiro.

- Você está em ordem, nada machucado, - Maximus começou a examinar sua cabeça vermelha, quando chegaram a um lugar, onde ambos podiam ficar de pé.

- Sim, tudo está bem. Caiu na água, o ombro de um pouco doente, mas nada assustador, não acenar ... sya.

- eu gritei você.

- Sim, eu sou o som e oi, gritando em resposta, bem, como um caixão, quando eu não tossi. Conduzido pela água.

"É estranho, eu não ouvi nada", o homem pensou sobre isso como possível, "Bem, vamos para esse lado, deve ser menor."

Na verdade, foi realmente mais suave, e quando eles saíram foi o suficiente para olhar para os preços, então era uma questão de minutos para ir na praia. Tendo sentido pés quentes e secos nos pés do cão, ambos caíram, depois de respirar. Esta pequena jornada, surpreendentemente, foi provocada por catadores.

Era necessário descer com ações adicionais, descansar, relaxar e levantar onde eles caíram, ou se você quis entender, onde ir, descobrir. Mas levou um resto e uma seiva. Maximus se abriu para expressar seus comentários, como uma menina, olhando para ele em breve, guinchando, pulando para trás. Como o rato veria?

- O que é isso ?! Olha, - ele enfiou o dedo na palma da mão logo abaixo do cinto.

O homem a fez olhar e congelou, isso é tudo o que ele teria deixado, pulou fora dele, não teria sido liberado. Não tem nada a ver com isso. Se você estiver aberto com suas próprias mãos, coloque o resto em seu berço, seu xampu pulsante e pulsante, pulsando e aquecendo seu coração, e você encontrará seu coração em seu coração. Mas, pela segunda vez, ele não sentiu a presença dessa coisa e nenhuma imprecisão, mas não foi possível, o homem estava errado. Ao tentar se proteger de um parasita, sua fazenda deve ser protegida com uma dor, que ele mergulhou em água fervente. A segunda tentativa de tocar, não terminou melhor.

"Você é o profeta", Max acenou para a menina.

Deseja tocar o muco estranho de Andrew não observou, mas ele seguiu em frente e estendeu a mão. Muito pequena e surda para a cabeça, tanto quanto possível, ela chegou mais perto do objetivo, mesmo um pouco. Quando ela o tocou pragmaticamente, o próprio homem a soltou.

- Então a mesma coisa, nada vai sair.

A garota não podia manter as linhas de vida, ela não teria que fazer isso, mas aqui, temendo seus próprios pensamentos egoístas, ele sentiu isso.

"Pode e a direita é uma sanguessuga local e precisa ser fervida ou em pó com sal", disse ela, "foi a primeira coisa que lhe veio à cabeça."

- E você tem uma luz com sal? - ele não esperou por uma resposta, Andrea rapidamente percebeu a estupidez do que foi dito, - Sim, e não funciona de jeito nenhum. Então você tem que ir tão longe. Nos deixe na frente daquela montanha e lá você pode ver kakii-piktoyki.Nós os alcançaremos e lá poderemos ajudá-los.

Andrew olhou na direção indicada. Bem, sim, há uma montanha. Bem, como uma montanha, um grande Holm, que era uma quantidade considerável, e era demais para ver o plano do plantio, e eles não viram a visão deles. Mas o resto das pessoas não era, porque ela assentiu muito silenciosamente e, um pouco aquém do espírito, elas se moveram.

"Posso pedir alguma coisa?" - Andréa, finalmente, resolveu quebrar o silêncio depois de seguir em frente.

"Você é minha esposa agora, se eu souber a resposta, então a resposta é." Claro, pergunte.

- Mulher, - a esposa da moça, depois de tentar isso na língua, - estranha e inesperadamente tudo isso aconteceu.

- Vamos nos acostumar juntos - Maks se virou para a esposa e tentou sorrir - Soglasna?

Os lábios das meninas foram diluídos e os lábios se espalharam pelos lados. Ela assentiu de bom grado. E ele começou a preencher com voprosovami tanto sobre a ordem. Ao meio-dia, ela descobriu sobre seus pais, filho, amado de comida e sobre a ocorrência de seu nome. Pelo menos não se referindo a pacientes com ela ou antes de viajar, ela conseguiu desviá-lo de seus pensamentos sombrios, que não haviam sido dados em demasia.

Max olhou para a garota que caminhava ao lado dele como se fosse um budto primeiro. Os eventos desenvolvidos pelo voluntário e as circunstâncias não ajudaram, então só agora ele começou a examinar cuidadosamente sua esposa. Vesnushki não fez sua pessoa simples ou infantil. Pelo contrário, eles moldaram profundamente nos olhos. Deep, antes e não percebeu a sua cor. Seu nariz direto, esses lábios sorrindo para sempre. A fidelidade deles não pode expressar malícia ou tristeza, apenas um grau diferente de alegria. O olhar deslizou todo o caminho, descansando em seu peito. Não caiu de maneira vulgar, como no Selsk Baba, mas foi mais do que o da Viktoria. Suas fortalezas pareciam minar a si mesmas, insistindo para que as apertassem. Um homem inconscientemente afogou a saliva de tais pensamentos, mas manteve-os já não molestados, o olhar deslizou mais profundamente, junto com um belo umbigo, para seu corpo. Para o tônico quente, garantindo a obsessão.

Não mantendo muito mais, Max se abriu para ela e deu um abraço, interrompendo seu monograma pelo kolomu. Momentos de substituição, mas no início do tempo, para se abster dele, se livrou dele, mas os números dos jogadores e da equipe, e os mesmos, os mesmos e os mesmos, os números dos jogadores e os mesmos, os números dos jogadores e os números dos jogadores e dos jogadores e dos jogadores, e os mesmos, os mesmos, os números e A mão começou a acariciar seu peito, amassar e apertar. Os pais, finalmente, ganharam até agora, essa alavanca de paixão suave e graciosa. Andréa estava em suas mãos e ele não pretendia parar, seus dedos já estavam na porta de seus lábios inferiores. Ela era sensata, ele estava pronto ...

você está mal? - entregue como é.

O homem instantaneamente ficou para si mesmo, todos eles foram em frente e ele, aparentemente, ouviu algo, portanto, Andrew observou-o com um peso leve. Obsessão

- O QUE É DETERMINADO - ele olhou para o seu próprio povo, que era apenas o que era importante para ela, - eu me sinto assim, sinto-me como um cavalheiro, e sinto que algo, como um brilho suave, me sinto como um cavalheiro.

 Leia mais →
Mostrar Comentários

Últimas histórias do autor

             
    
                 
            
2014—2019 © Eroticspace - histórias eróticas e pornográficas
Apenas 18+
            

As informações contidas neste site destinam-se apenas a adultos

        
    
         
Восстановление пароля
no andar de cima