Portugais - relatos eroticos| English - erotic stories| Deutsch - erotik geschichten| Français - histoire de sexe| Arabic - قصص الجنس|

Página: 1 de 2

Darya, saltos altos com tachas altas, é coberto por um corredor no sexto andar do prédio de escritórios. Pela primeira vez, ele não era um menino, mas ainda era um menino e ainda estava lá. Ele já estava muito feliz, e Daria esperava que a última tarefa de sua cabeça não tivesse sucesso. Uma questão do que há alguns meses em uma empresa, onde ela trabalha, chegou a três pessoas. Eles foram colocados em um escritório separado no 6º andar, com muito espaço e com paredes cobertas, em contraste com o resto dos espaços abertos, e disseram que um novo começo era conectado a uma fonte conectada a uma esfera, conectada a outra e conectada a uma nova parede. Três camponeses da comunidade preventiva nunca foram co-patrocinados pelo início da competição, eles acrescentaram que vivem e apareceram no escritório, e quase sempre se juntaram.

O mais velho deles, que era, aparentemente, a cabeça, alto, magro, sempre um homem barbeado com um leve alongamento nas têmporas, era representado como Sergii. Mais uma saúde, menos de dois metros com um foguete, um computador e um motorista, um jovem voluntário, Dmitry, e um piloto, que foi atrasado no arranque, foram para uma start-up e chegaram a um padrão Exceto por eles, ninguém sabia nada sobre eles. O pessoal do escritório cuidou de seus "três goblins" e não amava seu otkrovvenno. E, para essas três empresas iniciantes, e enviadas a ela, seu supervisor Sergey Sergeevich, como supervisor, é imperativo fazer com que elas as obtenham hoje.

Durante o dia, Dasha fez uma fortuna, mas decidiu percorrer todo o caminho para conseguir os escritórios das start-ups, esperando que na noite de 29 de dezembro não estivessem no fim da noite. Como um verdadeiro quebra-gelo, Darya antes de prosseguir com o procedimento, a maquiagem, profetizou-se no espelho. O peito grande do tamanho do calcanhar foi visualmente observado no corte da jaqueta apertada. A saia, ligeiramente mais baixa que o joelho, ainda está em todo o Ártico e enfatizou a circunferência do fluxo volumétrico. Os cabelos foram coletados em uma série de feixes. Sapatos pretos envernizados eram usados ​​nos pés dela. Apresentar biznes-vumen. Em suas mãos ele tinha um palto e uma bolsa de mulher.

A última queridinha dos subúrbios para a porta direita e a abertura decisiva dela. Ela não estava destinada a se tornar realidade, a porta se abriu. Dasha chegou a um grande sacrifício no centro do Kothor, que era uma mesa afiada. Para o banco estão os "três goblins" e assistidos por um canal esportivo em um grande painel, instalado na borda da mesa. Na parede havia uma garrafa e um zakusk não sofisticado.

- O! Darya Dmitrievna pressionou, - uma mulher alta estava com seu batismo. - E nós já pensamos que você não se importa conosco hoje. Vá para a cabine, vamos discutir a questão das perguntas.

SERGEI apontou para uma das portas que entram em uma sala com uma mesa maior. Amigos com ceticismo o observador em cima da mesa, todas as regras corporativas imagináveis ​​foram violadas. Esses três, também, muitos deles causaram, em sua empresa de investimentos, que não foram perdoados. Mas, em vista das startups, eles tiveram que ir no tapete, crepitações e outros fetiche corporativo.

- Bem, vamos em frente, vamos ligar, Sergey - Dasha fez uma pessoa frágil, colocou uma bolsa e um pilo e foi para o laboratório.

Na cabine, Sergei sentou-se atrás da mesa e apontou para uma cadeira na cadeira:

- Vamos, Darya Dmitrievna! Nós temos uma séria dissidência.

Darya sentou-se em uma cadeira, confortavelmente pé zakinu a pé:

- E o que mais diremos, Sergey?

"Sobre isso", o homem empurrou o saco de papel para Drue. - Você vai ler, e eu vou uísque com os meninos no começo. Então vamos falar.

Quando Sergey saiu da cabine, Darya pegou sua mochila e começou a ler. Depois das primeiras páginas de sua seriedade, ela se pegou para ler mais. O pacote foi reabastecido com os dados mais importantes. Os artigos 158 da parte 4 foram aqui para os filhos de Queridos filhos e o artigo 159 em várias partes do bendito, como é dito, em pleno crescimento. Dasha ficou muito triste.

- ler? - Sérgio voltou para a cabana e sentou-se para devolver a mesa. - Como uma impressão, o gerente financeiro do estado? Ou pode este doce calcanhar - todo o vento?

- Eu tenho algo para ir no tolo? Aqui tudo na superfície, - Daria olhou pesadamente para um homem. - E então eu li tudo isso?

- Você vê, Dashulya, - Sergiy está mais confortável na poltrona. - Existem alguns erros. Primeiro de tudo, você é de toda a eternidade, quase um deus de Deus. Amanhã enviaremos os documentos para seus mestres e pensaremos que os termos que eles “respiram” serão muito poderosos. 9 o número aqui será streamer matinal, mas não o seu, este guia de investimento. Em segundo lugar, é isso que nós e os casais acreditamos em milagres. E um punho sisaloy em conexão com isso, nossa fé pode ser um grande elevador e em uma linha pode ser um pouco maior do que as coisas simples. Eu tenho que continuar?

- E o que eu vou compartilhar? - Darya entendeu que não vale a pena.

Tudo muito prosto. Nós temos tudo o mesmo aqui para sentar a noite, ainda há o caso. Precisa de uma puta.Só você tem que entender, que o apelo para pedir prosperidade e coletá-lo não vai. Será zhesty, nós somos o maior jardim. Se você quer dizer “não”, então volte para o próximo lugar junto com os outros. Se você mantiver nossos bons sonhos, esqueceremos este pacote, - Sergay torceu o pacote na mesa.

garantia? - Darya não viu mais em Sergia.

- Você acha que sovit dura? No seu caso, então você não vai contar, como um deus esperto. O que, porra, garante? Programe você o que escrever? Eu te dou sua palavra honesta. Para parna eu atesto. Você expõe toda a nossa frente e caminha. Decidimos doar este presente para você, graças à sua própria ordenha. Eu fui ver mais partidas. Saia da cabine e você tem duas maneiras. Ou deixar a poeira secar. Ou por favor solicite a nossa empresa. By the way, você ainda pode tentar escapar - Sergey sorriu antipático e saiu.

O cérebro do Dom estava freneticamente trabalhando, mas os pensamentos estavam confusos. Na cabeça, as fotos dos filmes das prisões femininas apareceram o tempo todo, e elas não lidaram com o conteúdo conceitual. Uma saída aceitável da situação não entrou nela. Dasha decidiu dar uma chance.

- Bem, que garotinhos, que queriam uma vadia aqui? - Darya, saindo da cabine, chegou à beira da mesa onde os homens estavam sentados.

"Você tem algo, sisyandra", disse Dmitri com o bastão. - Descarte "pinajak", por muito tempo quero assistir a esses peitos!

Dasha tirou o paletó, depois uma blusa branca e depois um sutiã circular se juntou a eles. Antes dos olhos dos homens, eles colocaram dois seios saudáveis ​​do quinto tamanho no peito. Mama por causa de seu tamanho é um pouco fora do lugar, mas não limpou. Dmitry foi para as mulheres e levou-a para uma namorada.

- Espere por Dima! - Ele deixou o seu Sergiy. - Em primeiro lugar, com a nossa primeira reunião noturna, vamos perguntar à senhora o que ela está esperando.

Sergiy otpil whiskey da taça:

- Veja, Dashenka, esta é uma garrafa de uísque, com um volume de 1 litro. Então agora, ela estará em seu ânus hoje. Não, claro, mas depois será. UM HOJE CONTINUA Diman.

Dasha, com horror, engoliu. Mas por um longo tempo ela não deu. Dmitry ligou o carro. Então ele levantou o hilo leve e ordenou:

- De joelhos, sisyandra!

Dasha chegou aos joelhos. Dmitry baixou as calças e atraiu uma garota para a cabeça ao seu membro. Darya pegou um membro de enforcamento de Dima e o aceitou para acariciar. O membro nascente de Dasha foi compassado em sua alma. O membro de Dmitry era muito saudável, tendo um comprimento de pelo menos 25 de comprimento, e ele não tinha muita diferença com peso específico. Aparentemente, o parion não fez sexo, mas ele morreu rapidamente na boca do cachorro.

- Você entende que é necessário engolir? - Dera Dashu pela primeira vez contatou Dmitry.

Darya engoliu freneticamente e seu saleiro, seu parceiro, foi à sua fábrica de alimentos.

"Eu sou Darya Dmitrievs va zhopu querendo transar com você", disse Sergiy. - Enquanto os pequenos não demoraram. Eu não sou tão gigante como eles são. Então, qual é o rastro das almas com o banheiro? 15 minutos você se prepara. Eu teria chegado ao seu lugar mais, e Dima tem uma paixão por nós, tanto quanto ele ama seus controladores de trinta anos para colocar a mão na boca para quem quer dormir. Saia do papai Zaderika.

As mulheres aplaudiram a saia, no final da qual as meias e as correias redondas acabaram, quase não escondendo os tons da testa e do arco.

- Eu falei, Brit! Você ganhou Kiryun, ...

 Leia mais →
Mostrar Comentários

Últimas histórias do autor

             
    
                 
            
2014—2019 © Eroticspace - histórias eróticas e pornográficas
Apenas 18+
            

As informações contidas neste site destinam-se apenas a adultos

        
    
         
Восстановление пароля
no andar de cima